“A escola é uma extensão da sua casa, trate-a bem, que ela lhe renderá muitos frutos.”
Gustavo Bottaro
( aluno do curso pré-vestibular colégio Meta do ano de 2011)

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

GABARITO COMENTADO DE TODA A APOSTILA ENEM ( 40 questões)

(UEL - 2008) Questão 1

» Gabarito:
E

» Resolução:
Alienação é o processo pelo qual o trabalhador é espoliado de seu trabalho, seja de forma concreta (a venda da força de trabalho por preço inferior ao que vale) seja de forma abstrata (a perda da consciência de que é ele que realiza aquele trabalho e que ele lhe pertence). Tal situação é mascarada pela ideologia que, ao focar outros aspectos da vida social (superestrutura), desvia o olhar das pessoas das relações sociais de produção (infraestrutura), a base verdadeira da organização social capitalista.


(UEL - 2009) Questão 2

» Gabarito:
E

» Resolução:
Na visão de Durkheim a sociedade deve apresentar coesão em seus ideais e na maneira de agir, em alguns casos tendo de haver até mesmo resignação por parte do indivíduo com relação àquilo que a sociedade lhe exige e ele não concorda. O crescimento do processo criminoso, a violência social e a existência de um poder paralelo do crime são demonstração que a coerção social na sociedade brasileira não está sendo capaz de controlar os tipos desviantes e criar uma unicidade de ações. É um claro caso de anomia social pela visão de Durkheim.


(UEL - 2009) Questão 3

» Gabarito:
D

» Resolução:
Podemos dizer que Max Weber é o teórico da sociedade da técnica e da racionalidade. O grande foco de suas análises era o processo de mudança social que o desenvolvimento científico e o "desencantamento do mundo" criavam no início do século XX. Novas maneiras de agir e pensar surgiam como fruto das transformações da segunda Revolução Industrial, das descobertas científicas e da laicização do pensamento.


(UFU - 2009) Questão 4

» Gabarito:
C

» Resolução:
A afirmativa C está errada porque a consciência coletiva não consegue cobrir (e coibir) todas as consciências individuais. Isso porque existe grande quantidade de indivíduos desviantes de uma atitude moral única. Tanto que, ainda que todos os indivíduos mentalmente normais saibam o que é um ato criminoso, ainda assim continuam a executá-lo, numa clara mostra de preponderância da vontade individual sobre a coletiva.


(UEL - 2011) Questão 5

» Gabarito:
E

» Resolução:
A alternativa A está incorreta porque no pensamento político neoliberal o Estado não intervém na educação e faz o mínimo de investimentos sociais. A alternativa B está incorreta porque é apenas uma afirmação baseada em preconceitos que não encontram sustentação em fatos, uma vez que até hoje não foi definido o que é muito ou pouco auxílio público. A alternativa C está incorreta porque não existe uma correlação perfeita entre o assistencialismo do Estado e a resolução dos problemas da educação. A alternativa D está incorreta porque é mais uma afirmação preconceituosa sem sustentação em fatos, além de partir da ideia de que a conduta humana se restringe apenas a um tipo de ação.


(UFU - 2010) Questão 6

» Gabarito:
D

» Resolução:
A Constituição de 1988 busca a implantação de um Estado democrático e de direito em suas diretrizes. Foi a partir da criação dela que as questões raciais passaram a ser alvo de políticas públicas específicas. Essas políticas buscam sanar as desigualidades e injustiças históricas que impedem a efetivação dos direitos iguais para todos os brasileiros. Isso está demonstrado nas alternativas A, B e C. Porém, indenização não está incluída nessas políticas, até porque não há como quantificar financeiramente um prejuízo social.


(UEL - 2008) Questão 7

» Gabarito:
C

» Resolução:
A análise do gráfico nos indica um fato da formação social do povo brasileiro: a exclusão racial. Devido ao condicionante histórico da escravidão e social do preconceito, os negros do país ainda representam a maior parte da população abaixo da linha da pobreza, o que equivale ao dobro da população branca nessa posição. Ao mesmo tempo, vemos que a situação de pobreza conseguiu se estabilizar entre 1995 e 2003, graças à maior estabilidade econômica, porém não apresentando queda significativa em seus percentuais. A única alternativa que corresponde ao gráfico e à formação da sociedade brasileira é a C.


(UEL - 2011) Questão 8

» Gabarito:
A

» Resolução:
Com relação ao solidarismo (orientação que prega a necessidade de os membros de uma sociedade serem solidários uns com os outros, não por obrigação, mas por conduta moral e ética), devemos lembrar que ele norteia o programa governamental, mas ainda não é a conduta social predominante no Brasil. Com relação à afirmativa II, devemos entender por linha da pobreza aquela apontada pelo Banco Mundial, que gira em torno do ganho de menos de 1,25 dólar/dia por pessoa. A afirmativa III está incorreta porque os programas assistenciais acabaram ajudando também a classe média, já que o incremento de dinheiro na economia levou a um desenvolvimento da economia do país. A afirmativa IV está incorreta porque a crença de que os programas assistenciais desencorajam as pessoas ao trabalho é uma noção preconceituosa que desconsidera os processos de desigualdade e exploração vigentes no país. Com a assistência desses programas o que acontece é que as pessoas podem escolher seus empregos, sem terem de se sujeitar a condições degradantes como antes.


(UEM - 2009) Questão 9

» Gabarito:
02 + 04 + 08 = 14

» Resolução:
A afirmativa 01 está errada. A autora não diz que ações privadas filantrópicas resolveriam os problemas relacionados à pobreza.
A afirmativa 16 está errada. Apesar de a destituição da cidadania ser o principal objeto a se analisar quando se pensa em pobreza, a autora se refere a outra perspectiva: a pobreza como fato estranho ao mundo social. O texto frisa que nossa sociedade busca encobrir o problema, afastando-o de seus motivos reais, sem tentar elucidá-lo.


(UEM - 2010) Questão 10

» Gabarito:
01 + 04 + 08 = 13

» Resolução:
A afirmativa 02 está errada, as mudanças de sinal em nada mudam a concepção de entretenimento televisivo, que até hoje se baseia em fórmulas antigas e repetitivas; a afirmativa 16 está errada. Como o próprio texto indica, a TV está presente em 95,22% dos lares, ou seja, seu alcance cobre também o mundo rural e influi em seu estilo de vida.


(UEM - 2010) Questão 11

» Gabarito:
01 + 02 + 16 = 19

» Resolução:
A afirmação 04 está errada, não existe nenhuma deficiência biológica oriunda da miscigenação do povo brasileiro e a combinação de arroz e feijão atende às necessidades nutricionais de qualquer ser humano; a afirmativa 08 está errada, as interdições alimentares de fundo religioso são da esfera do tabú. Ainda que em muitas situações existam justificativas que a ciência descobriu posteriormente e que serviriam para estas interdições (conhecimento do senso comum que se torna base para o conhecimento científico), inicialmente elas são apenas culturais.


(UFU - 2010) Questão 12

» Gabarito:
B

» Resolução:
• A alternativa A está errada, pois a corrida de toras não possui o caráter de busca de conquistas individuais, sendo, ao contrário, uma atividade que visa a integração do grupo pela manutenção das tradições ancestrais;
• a alternativa C está errada. A corrida de toras possui valor ritual (ele está presente em todo o processo) e acontece em um contexto cerimonial no qual prevalece o espírito coletivo e não individual;
• a afirmativa D está errada. Relativismo cultural significa justamente entender a cultura do outro da forma como esse outro também a entende, e não pelos nossos mecanismos próprios e subjetivos de análise.


(UEL - 2011) Questão 13

» Gabarito:
D

» Resolução:
A afirmativa A está errada, pois a fala de Gilberto Freyre demonstra que, no futebol, assim como em diversos outros aspectos da cultura brasileira, não encontramos o mesmo formalismo que percebemos em outras culturas, o que não é necessariamente bom ou ruim, mas símbolo de nossa particularidade como povo.

A afirmativa B está errada: o futebol, no início de sua prática no Brasil, era um esporte de elite jogado em clubes particulares e vedado aos negros e pobres.

A afirmativa C também está errada, já que a rebeldia do futebol não serviu de mote ou suporte para a afirmação social no Brasil, sendo ele, em diversos momentos, um mecanismo utilizado pelo autoritarismo e pela política para tirar a atenção da população dos reais problemas.

A afirmativa E está incorreta, porque apesar de se dizer que a introdução do elemento negro tenha dado um "sangue novo" e "mais vigor" ao esporte no Brasil, não podemos afirmar que ele ganhou ou que perdeu com isso. Os conceitos de raça não dizem nada se não avaliarmos conjuntamente a historicidade e a cultura do contexto em que se desenvolvem.


(UEL - 2011) Questão 14

» Gabarito:
C

» Resolução:
A alternativa I está incorreta porque a música sertaneja moderna não pode ser considerada manifestação da cultura caipira tradicional, pois remete mais à música romântica e ao country norte-americano. Ao mesmo tempo, ela é um dos maiores exemplos do capitalismo no campo brasileiro, pois as imagens e ideais que os cantores sertanejos expressam têm relação com valores típicos do universo capitalista. A alternativa II está incorreta porque o "modelo Jeca Tatu", além de não ser aquele que interessa a indústria automobilística, não possui espírito de iniciativa, representando, na verdade, o atraso por inércia que foi durante muito tempo associado ao Brasil rural.


(UEM - 2008) Questão 15

» Gabarito:
02 + 04 + 08 + 16 = 30

» Resolução:
A alternativa 01 é a única que está errada porque afirma que os folcloristas não consideram brasileiras festas que receberam influência estrangeira. Porém, boa parte das festas populares do Brasil possuem suas origens em tradições dos povos que chegaram ao país em algum momento: colonizadores europeus, africanos, imigrantes europeus. Sendo o Brasil um país que sofreu colonização, tirando o que é de origem indígena, praticamente todas as nossas tradições são estrangeiras originalmente.


(UEL - 2009) Questão 16

» Gabarito:
E

» Resolução:
O Brasil, sendo uma democracia ainda jovem, enfrenta vários problemas relativos ao uso do poder político obtido nas eleições. A cultura democrática e de trabalho voltado ao bem geral é em muito casos obscurecida pelo favorecimento pessoal e de conhecidos. São comuns práticas como o desvio de dinheiro público, manobras para perpetuação no poder e propaganda política com dinheiro público. Recentemente, recebeu proibição do judiciário o nepotismo, que é a contratação de parentes para exercer serviços públicos em cargos de confiança.


(Fuvest - 2009) Questão 17

» Gabarito:
C

» Resolução:
Apenas a última afirmação está incorreta, já a persistência do trabalho escravo não se relaciona com a intensa competitividade e sim com um fenômeno que alguns estudiosos chamam de modernização conservadora.



(UEL - 2008) Questão 18

» Gabarito:
D

» Resolução:
A afirmativa correta é a D, na qual Bauman refere-se à maneira como a nossa sociedade incorporou um padrão de consumo e descarte até mesmo nas relações amorosas. O amor tende a ser passageiro, valendo pelo momento em que é vivido e traz felicidade, mas sendo descartado no primeiro sinal de problemas. Por sua vez, a lógica de consumo moderna vende fórmulas de amor como um novo tipo de mercadoria, o que destrói a capacidade do ser social de sentir uma emoção profundamente.


(UEL - 2010) Questão 19

» Gabarito:
B

» Resolução:
(Resolução oficial)

O texto se refere ao status produzido ou que se busca adquirir com a aquisição de mercadorias modernas e de consumo popular. Com o seu consumo, não se transita de uma classe à outra, mas busca-se definir posições de status no interior de um determinado agrupamento ou grupo no qual se está inserido. Ao mesmo tempo, a expansão do reino das mercadorias produz, socialmente, a impressão de que os objetos têm vontade própria, podendo até mesmo decidir, aparentemente, no lugar de seu portador. A este fenômeno a sociologia atribui o nome de reificação, ou seja, a coisificação do mundo, onde as mercadorias existem como se não dependessem do trabalho humano que nelas foi depositado. Em contrapartida, o consumo de celulares ou outras mercadorias, identificadas como bem de consumo duráveis, não garante a transição, no sistema de estratificação social, de uma classe para outra ou de um estrato para outro, seja em sentido ascendente ou descendente. Isto significa que a estratificação social não tem por base a posse ou não de mercadorias tecnológicas. Por fim, o texto não se refere às classes sociais e os princípios de estratificação ali identificados não se referem à classe e sim a grupos de status, em que o prestígio adquirido é um elemento importante.



(UEM - 2009) Questão 20

» Gabarito:
01 + 02 + 04 + 08 + 16 = 31

» Resolução:
A afirmativa 01 está correta. A ação descrita acontece no espaço urbano, em meio a uma sociedade tecnológica moderna.
A afirmativa 02 está correta. A agenda do indivíduo é marcada pela ajuda da tecnologia.
A afirmativa 04 está correta. O avanço tecnológico alterou, por exemplo, o conceito de belo e arte, que foram resignificados, desconstruídos e reconstruídos.
A 08 está correta. No texto, a velocidade do tempos modernos interfere na vida do indivíduo, que não reflete e apenas age mecanicamente.
A afirmativa 16 também está correta. Nas sociedades da informação, o gosto acompanha a velocidade da tecnologia, que muda rapidamente. O ser humano perde a noção do significado das coisas e aliena-se de valores. Esses processos o levam à apatia e à depressão, pois ele se sente em um mundo que não apresenta mais significados profundos para a existência.


(UEM - 2011) Questão 21

» Gabarito:
01 + 02 + 04 + 16 = 23

» Resolução:
01: correta.
02: correta.
04: correta.
08: incorreta. Um estilo de vida saudável depende das ações citadas na alternativa. Entretanto, a lógica capitalista apresenta sutilezas de convencimento, que também associam a qualidade de vida ao consumo. Nessa concepção, viver bem é ter capacidade de consumir todos os produtos que o mercado oferece. Até mesmo as opções de vida associadas ao não consumo são variações da ideia de oferta de produto e da criação de desejos no consumidor. Dessa maneira, o capitalismo trabalha com uma lógica que tende a prejudicar a natureza e o próprio estilo de vida humano. Assim, o grande dilema de nossa época é manter o desenvolvimento sem destruir o planeta.
16: correta.


(UFPA - 2011) Questão 22

» Gabarito:
B

» Resolução:
A afirmativa A está errada. Apesar das ações isoladas também terem responsabilidade na questão ambiental, não são irreversíveis e nem alcançam os mesmos males das atitudes coletivas ou corporativas. A afirmativa C está errada, não há ligação entre exploração de floresta de maneira sustentável e enriquecimento. A afirmativa D está errada, as Unidades de Conservação são um mecanismo de proteção das florestas. Além disso, não existe inevitabilidade na destruição de florestas desde que haja vontade social e política para resolver essa questão. A afirmativa E está errada, não há relacão entre o uso de tecnologia industrial e conservação da biodiversidade. Esta tecnologia tanto pode ser usada de forma boa como ruim para o meio ambiente. Também não há relação direta entre essa tecnologia e a criação de dificuldades para as ONGs.


(UEL - 2011) Questão 23

» Gabarito:
B

» Resolução:
A alternativa A está incorreta porque o conflito geracional é comum na sociedade: ele se repete de geração em geração, mas encontra uma harmonia. Se isso não acontecesse, criando um estado de perda de normas de conduta social, aí então teríamos um estado de anomia. A alternativa C está incorreta porque os fatos sociais, apesar de não serem normas explícitas, têm esse sentido. São ações da sociedade sobre o indivíduo, que indicam maneiras de agir. Assim, as normas (na forma de fatos sociais) são necessárias à vida em sociedade e têm justamente o objetivo de institucionalizar algumas condutas. A alternativa D está incorreta porque os jovens são mais individualistas e egoístas e têm menor receptividade aos ditames da consciência coletiva. Por fim, a alternativa E está incorreta porque a sociedade precisa de ações voltadas ao coletivo. As atitudes individualistas tendem a criar conflito e desagregação social, dificultando a criação de instituições.


(UEM - 2009) Questão 24

» Gabarito:
04 + 08 + 16 = 28

» Resolução:
A afirmativa 01 está errada. Não houve diminuição da importância da família, mas sim mudanças em sua forma tradicional (pai, mãe e filhos).
A afirmativa 02 está errada porque, novamente, o conceito de família não leva em conta o novo formato que ela adquiriu, desconsiderando-o como sendo representativo de unidade familiar.
A afirmativa 04 está correta, pois mostra que conceitos interpretativos de instituições mudam com o tempo, assim como a sociedade.
A mudança do conceito de familia indica a exatidão da afirmativa 08.
Está certa a afirmativa 16: o Estado adequa-se aos novos conceitos que a sociedade adota.


(UEM - 2010) Questão 25

» Gabarito:
01 + 02 + 16 = 19

» Resolução:
A afirmativa 04 está errada, a sociedade ocidental é fortemente influenciada pelo modelo familiar patriarcal. A afirmativa 08 está errada. A família não é um instituição estática, sofre transformações à medida que a sociedade muda também. Exames de DNA são comuns em nossa época porque ter filhos é cada vez mais uma ação que independe de casamento.


(UEL - 2010) Questão 26

» Gabarito:
C

» Resolução:
A consciência coletiva é o conjunto de crenças e sentimentos que são comuns a um grupo social e que norteiam suas ações, tendo função até mesmo normativa, pois leva, em muitos casos, a corrigir os indivíduos desviantes pela coerção, física ou moral, no caso de infração a normas. A alternativa correta apontada pela faculdade é a C, porém, podemos questioná-la. Na sociedade brasileira atual, é muito controverso entender o uso de roupas curtas como fato desviante da moral usual, haja vista o que observamos na televisão, nos shows, no carnaval e mesmo no cotidiano. O uso de roupas mais curtas é comum por grande parte de nossa sociedade, então dizer que isso prejudica a harmonia social em um determinado ambiente é algo duvidoso. Porém, devemos ressaltar que, das questões, essa não apresenta nenhum absurdo teórico ou em relação ao enunciado, o que justifica a sua assertiva.


(UEL - 2010) Questão 27

» Gabarito:
D

» Resolução:
Os movimentos racistas modernos, que surgem principalmente nas grandes cidades do Brasil, nascem das contradições do desenvolvimento econômico brasileiro, que deixa uma grande quantidade de jovens ociosos e sem perspectivas de futuro por conta da desigualdade econômica. Assim, como aconteceu no passado na Alemanha nazista, a perda de esperança e a falta de integração na cadeia social levam à violência contra os eleitos como bodes expiatórios por serem diferentes (no caso negros, homossexuais, nordestinos, judeus).


(UEL - 2011) Questão 28

» Gabarito:
C

» Resolução:
A alternativa A está incorreta porque a visão negativa que temos dos órgãos de segurança pública é resultado de um desenho institucional que historicamente desprivilegiou pessoas de poucas posses. A alternativa B está incorreta porque tanto ladrões como policiais usam armas de fogo. A alternativa D está incorreta porque sua aceitação implicaria uma sociedade de enclausurados. Já vivemos em uma época em que o medo é utilizado como mecanismo de marketing para vender dispositivos de segurança e outros hábitos que afastam as pessoas da sociedade, o que causa grandes malefícios ao convívio social. Por fim, a alternativa E está incorreta porque se sustenta em duas afirmações incorretas: a de que as mães são as responsáveis solitárias pela educação dos filhos, e a de que a "confusão" entre o papel da polícia e o do bandido se origina da falta de educação.


(UFU - 2009) Questão 29

» Gabarito:
C

» Resolução:
A afirmativa A está errada porque, Durkheim não concebia o sagrado como determinante das ações sociais, assim como também não concebia motivos biológicos como determinantes das mesmas ações; e por isto a alternativa B também está errada. A alternativa D leva em conta a personalidade individual como motivadora das ações masculinas e por isso está errada. A alternativa correta é a C, pois Durkheim vê as ações individuais como resultantes das relações sociais que as determinam, portanto, a violência do homem contra a mulher em sua teoria social seria fruto de um fenômeno moral, embasado em padrões socialmente estabelecidos e que definem socialmente o homem como tendo poder para dispor até mesmo do corpo feminino, surgindo disso a violência contra ela.


(UEM - 2011) Questão 30

» Gabarito:
01 + 02 + 04 + 16 = 23

» Resolução:
01: correta.
02: correta.
04: correta.
08: incorreta. Uma análise centrada nos aspectos climáticos parte de um pressuposto determinista, o que invalida uma análise cultural efetiva, já que, nos mesmos ambientes, povos podem ter formações culturais distintas.
16: correta.


(UEL - 2011) Questão 31

» Gabarito:
D

» Resolução:
A alternativa A está incorreta porque para a concepção materialista da história, a sociedade é resultado das relações materiais de produção e por meio delas pode ser entendida. A alternativa B está incorreta porque é fácil encontrar as relações de sentido nas ações sociais, portanto, podemos enquadrar o problema no raciocínio weberiano. A alternativa C está incorreta porque Durkheim dizia justamente o contrário, ou seja, que devemos investigar a sociedade a partir das condutas coletivas. A alternativa E está incorreta porque o comunismo prega uma harmonia nas relações capital-trabalho e propriedade-indivíduo, pois acabaria com essas instâncias. Porém, isto não quer dizer que a sociedade seria harmônica, pois a vida social é composta de outras esferas além das de produção e de bens.


(UEM - 2011) Questão 32

» Gabarito:
01 + 04 + 08 + 16 = 29

» Resolução:
01: correta.
02: incorreta. A religião é uma manifestação social. Logo, as transformações da sociedade modificam as formas de expressão religiosa. É interessante perceber, por exemplo, a grande inserção de igrejas mais progressistas em locais de maior heterogeneidade social e cultural.
04: correta.
08: correta.
16: correta.


(UEL - 2011) Questão 33

» Gabarito:
B

» Resolução:
A afirmativa I está correta, pois o processo de ocupação irregular do solo corresponde à lógica mercantil de favorecimento de alguns lugares em detrimento de outros, sendo a população de baixo poder aquisitivo submetida a esse processo. A afirmativa II está errada, pois a ideia de que o pobre sofre por conta de seu comodismo e do assistencialismo do governo é apenas uma desculpa utilizada para esconder as injustiças do processo de distribuição de renda no país, que privilegiou poucos em detrimento de muitos. A afirmativa III é incorreta, mas podemos justificá-la no sentido de que as ocupações irregulares são resultado da falta de políticas públicas voltada ao problema ao longo dos anos, de forma ampla. Vários governos criaram planos de moradia popular, mas nunca suficientes às necessidades. Então, nesse sentido, as políticas habitacionais restringiram o acesso à moradia por não serem mais universalistas. Por fim, a afirmativa IV está correta porque também é traço característico do Brasil os baixos salários, que não permitem ao trabalhador obter os meios necessários para garantir sua moradia, além de contribuir no aumento da desigualdade racial.


(Ufal - 2010) Questão 34

» Gabarito:
B

» Resolução:
(Resolução oficial)

A) Errada. As diferenças continuam e há muitos conflitos e lutas pela melhor distribuição das riquezas.

B) Certa. Há movimentos que ajudam na gestão social mais solidária, evitando preconceitos e desigualdades, e estimulado um contato mais próximo com as diferenças.

C) Errada. A violência não foi abolida. É preciso ainda muita reforma social para que o mundo se pacifique.

D) Errada. Há muitas disputas, muitas armas e ambições. A ONU não conseguiu evitar o acirramento das intrigas políticas.

E) Errada. Há defesa das ideias democráticas, mas não se trata de uma unanimidade. As discordâncias estimulam, muitas vezes, a violência e criam regimes antidemocráticos.



(UEL - 2009) Questão 35

» Gabarito:
C

» Resolução:
O uso da internet trouxe novas possibilidades para a organização da sociedade civil. Agora os movimentos de interesse ganham caráter transnacional, pois, por meio da rede de computadores, reinvindicações semelhantes podem ser concatenadas contruindo-se projetos políticos que representam enorme número de pessoas, mas que não se situam em um ponto físico comum. Ao mesmo tempo, a facilidade de deslocamento dos transportes modernos permitem aos novos movimentos sociais acompanharem os movimentos da politica e combatê-los quando necessário. Eles possuem ideologia própria, voltada a novos formatos de desenvolvimento social e organização política, pois entendem que os problemas do mundo são outros se comparados ao anterior embate ideológico simplificado capitalismo-comunismo. São pautas constantes: a desigualdade social, o meio ambiente, o consumismo desenfreado e a escolha de desenvolvimento excludente, baseada apenas no capital.


(UEM - 2011) Questão 36

» Gabarito:
01 + 16 = 17

» Resolução:
01: correta.
02: incorreta. Mesmo permitindo a interação entre os internautas, a internet não está livre de manipulações ideológicas e de outros tipos.
04: incorreta. Apesar de ter havido mudanças nas relações por conta da tecnologia, a família e a comunidade ainda têm importância no mundo moderno.
08: incorreta. A interação social no espaço cibercultural ou virtual tem se estendido para além desse meio. Atualmente, a internet tem se mostrado um excelente instrumento para organizar movimentos sociais e promover o encontro de pessoas.
16: correta.


(UEL - 2008) Questão 37

» Gabarito:
E

» Resolução:
A globalização que ganhou grande difusão a partir dos anos 90 com a ideia de "aldeia global" infelizmente não se apresenta da mesma maneira no começo do século XXI. As ideias, os produtos e o capital aproveitaram-se bastante das facilidades da globalização, mas o mesmo não ocorre com o trânsito de pessoas. Os países ricos procuram se proteger contra os imigrantes e os motivos para a rejeição vão se arranjando e se justificando de acordo com a moda da vez. Mas todos têm por trás a mesma ideia: o imigrante terceiro mundista que chega a um país rico não é mais um visitante, é um risco a ser combatido.


(UEM - 2009) Questão 38

» Gabarito:
02 + 04 + 08 + 16 = 30

» Resolução:
Somente a afirmativa 01 está errada. O Brasil não é uma opção para os mexicanos, uma vez que seu país faz fronteira direta com os Estados Unidos e, mesmo com as dificuldades de acesso ao país, os retornos financeiros possíveis são maiores que no Brasil. Nosso país é alvo de imigração ilegal principalmente dos países mais pobres da América Latina (Bolívia, Paraguai, Colômbia etc.). Também não corresponde à verdade a ideia de usar o Brasil como ponte para oficializar uma imigração posterior para outros países, pois políticas de imigração não são baseadas em exemplos de atitudes de outras nações, mas sim em políticas próprias que envolvem diversos aspectos internos como soberania, economia, mão de obra, trabalho, seguridade social.


(UEL - 2010) Questão 39

» Gabarito:
A

» Resolução:
(Resolução oficial)

É um princípio básico da sociologia, como indica, por exemplo, Lucien Goldmann em Ciências Humanas e Filosofia (São Paulo: Difel, várias edições) que no terreno do social, diferentemente das ciências da natureza, não existe pensamento neutro. Além disso, por vivermos em uma sociedade dividida em classes, toda forma de pensamento traz consigo a defesa desta ou daquela visão de mundo, de interesses, de classe ou grupos. Assim, está dada a impossibilidade da neutralidade na informação midiática, não estando este fato ligado apenas a questões financeiras, razão pela qual a alternativa “a” está correta. Invalida a possibilidade das demais estarem corretas o fato de que, além de não ser suficientemente organizada, sobretudo no que concerne à discussão sobre o caráter e conteúdo da informação, a mídia no Brasil não escapa aos pressupostos de sua inserção na sociedade de classes e à defesa de interesses que isto implica, os quais não são, necessariamente, os interesses públicos, limitando-se, inclusive, o leque de perspectivas que ganham voz nas páginas de opinião, por exemplo. Seguramente a organização da sociedade civil pode criar mecanismos de controle para atenuar a imparcialidade, mas insuficientes para eliminá-la. Soma-se a isto o fato de que somente a assinatura de jornais, por exemplo, seria insuficiente para manter a circulação de um veículo de comunicação. O mesmo é válido para a audiência em rádios e televisões abertas ou fechadas. Estes veículos dependem diretamente da propaganda, de editais e, mesmo que houvesse uma sociedade civil organizada, a mídia seria, ainda, insuficiente para garantir a democracia, uma vez que esta passa, igualmente, pela discussão das questões públicas em outros espaços, como o partidário, por exemplo.
Outro elemento a destacar é que a mídia é mais antiga do que as políticas neoliberais. Pode sofrer a influência destas, mas não são o produto das referidas políticas. Por fim, o período de redemocratização do país não eliminou as rádios comunitárias, e sim favoreceu a sua expansão.



(UnB - 2009) Questão 40

» Gabarito:
E C C C C

» Resolução:
• E – A primeira afirmação contraria justamente a ideia de consumo de massa e o que está escrito nos textos. O consumidor em um contexto de cultura de massa consome aquilo que a publicidade faz ele acreditar ser essencial e o que todos estão consumindo, não necessariamente aquilo que ele precisa. Não é um ato consciente na maior parte das situações. Por sua vez a publicidade não o ajuda a reduzir o tempo despendido para escolher um produto, na verdade ela tem efeito contrário, pois ao colocar enorme variedade de produtos como fundamentais, leva o consumidor a estar sempre buscando algo novo e consumindo assim seu tempo, seja para conseguir os meios de obter os produtos, seja para decidir por qual vai escolher.

• C – A proposição está correta.

• C – A proposição está correta.

• C – A proposição está correta.

• – Há ainda que se dizer que a quarta afirmação foi anulada no gabarito final da UNB, porque possui uma redação dúbia. Apesar de o texto realmente afirmar que a cultura da mídia se constitui realmente em um tipo de arte, em nenhum momento ele afirma explicitamente que ela serve para aproximar individuos de diferentes culturas. Desta maneira a questão está certa em sua primeira parte, mas apresenta na segunda uma informação que vai além do que pode ser apreendido do texto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário